Lei de cotas completa 27 anos

Legislação é referência para nações que integram a Convenção sobre os Direitos da Pessoa com Deficiência da ONU. Movimento em direção à inclusão real é tímido. Estigmas e preconceitos ainda permeiam o ambiente corporativo, mas a presença cada vez maior de profissionais com deficiência nas empresas está modificando esse ambiente para melhor.


Celebramos ontem, 24 de julho, os 27 anos da lei nº 8.213/1991, também chamada de Lei de Cotas, uma ferramenta fundamental para a inclusão de pessoas com deficiência no mercado de trabalho.

 

A presença cada vez maior de profissionais com deficiência nas empresas está modificando o ambiente corporativo para melhor, ampliando o conhecimento sobre a diversidade e sua importância essencial na evolução de uma companhia e de toda a sociedade.

 

Exigir de corporações a inclusão de trabalhadores com deficiência ainda é a forma mais concreta de garantir a esses cidadãos o acesso a emprego, renda, dignidade, autonomia, independência e participação na economia. Isso porque, segundo pesquisa da iSocial, aproximadamente 90% das empresas brasileiras contratam pessoas com deficiência apenas para cumprir cotas.

 

Saiba mais acessando a coluna Vencer Sem Limites de Luiz Alexandre Souza Ventura no portal do Estadão. 

Legislação é referência para nações que integram a Convenção sobre os Direitos da Pessoa com Deficiência da ONU. Movimento em direção à inclusão real é tímido. Estigmas e preconceitos ainda permeiam o ambiente corporativo, mas a presença cada vez maior de profissionais com deficiência nas empresas está modificando esse ambiente para melhor. 

  

Celebramos nesta terça-feira, 24 de julho, os 27 anos da lei nº 8.213/1991, também chamada de Lei de Cotas, uma ferramenta fundamental para a inclusão de pessoas com deficiência no mercado de trabalho.

A presença cada vez maior de profissionais com deficiência nas empresas está modificando o ambiente corporativo para melhor, ampliando o conhecimento sobre a diversidade e sua importância essencial na evolução de uma companhia e de toda a sociedade.

Exigir de corporações a inclusão de trabalhadores com deficiência ainda é a forma mais concreta de garantir a esses cidadãos o acesso a emprego, renda, dignidade, autonomia, independência e participação na economia. Isso porque, segundo pesquisa da iSocial, aproximadamente 90% das empresas brasileiras contratam pessoas com deficiência apenas para cumprir cotas.
Fonte: Vencer Sem Limites - Estadão
Cadastrada em: 25/07/2018 15:21:49
curta nossa fanpage
editais
onde estamos

FEDERAÇÃO DAS APAES DO ESTADO DE SÃO PAULO

Rua Tomaz Pedro do Couto, 471 - Distrito Industrial

CEP: 14406-065 - Franca - SP

Fone: 16 3403-5010

Fax: 16 3403-5015

E-mail: feapaes@feapaesp.org.br

Federação das APAEs do Estado de São Paulo

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a Licença da FEAPAE-SP