Projeto de capacitação de pessoas com deficiência abre inscrições para segundo semestre

Sucesso no primeiro semestre do ano, o + APAE Inclusão ofertará novas vagas para oficinas de capacitação de pessoas com deficiência. Serão 150 vagas em seis cursos profissionalizantes gratuitos. Os interessados podem se inscrever de 18 de junho a 17 de agosto na secretaria da APAE Santo André, na Vila Guiomar. Após esta primeira etapa, os inscritos passarão por um processo de triagem que definirá a oficina mais adequada para cada aluno.

 

As oficinas são destinadas a pessoas com deficiência intelectual entre 12 e 17 anos que residam em Santo André. Serão oferecidos programas de capacitação nas áreas de: Panificação, Audiovisual, Informática, Rotinas Administrativas, Artesanato e Corte e Costura. Os alunos interessados podem se inscrever em até duas oficinas, desde que os horários não coincidam. As aulas iniciam em 6 de agosto.

 

MELHOR ÁREA

 

O processo de triagem para definição da oficina de cada aluno é dividido em cinco etapas: análise de documentos; análise de laudo médico; entrevista entre a psicóloga e os responsáveis; avaliação psicológica do aluno e definição da oficina entre aluno, responsáveis, psicóloga e coordenadora. Todo o processo é realizado pela equipe multidisciplinar da APAE de Santo André.

 

Psicóloga da instituição, Maria Aparecida Fernandes Pereira explica que o laudo médico é necessário para avaliar as questões diagnósticas da deficiência do aluno. "O que o médico coloca para mim é importante: qual a deficiência, o SID [Código Internacional de Doenças). Isso me norteia sobre como conversar com aquela pessoa, por exemplo. Depois, eu faço uma avaliação cognitiva e, com testes, é confirmado o nível da deficiência: leve,moderada ou grave", conta.

 

Após o laudo médico, há uma avaliação psicológica complementar, que é a entrevista de anamnese. Esta é a principal de todo o processo, pois possui aspectos de interação social, mas é uma conversa unidirecional. Na primeira conversa com os pais é feito o levantamento da "queixa", como o que trouxe os pais para aquela entrevista, quais são as preocupações, os desejos e as expectativas.

 

Em seguida, a psicóloga aborda a história do filho. "Como ele andou, falou, o início escolar, como é o comportamento dele em casa, o seu desenvolvimento na área social, se ele consegue manter uma autonomia no comércio local, se ele usa o transporte coletivo sozinho, se ele tem suas rotinas de higiene estabelecidas com independência. Sua rotina de vida, seu lazer, os seus hábitos. E isso para nós é essencial nesse momento. Assim, a gente já vai traçando um perfil dessa pessoa", destaca Maria. Geralmente, a entrevista dura 40 minutos.

 

Em princípio quem escolhe a oficina que deseja participar é o próprio aluno. De acordo com a psicóloga, os interessados são direcionados ao curso que possuem mais aptidão, interesse e curiosidade. "O nosso desafio é observar o dia a dia junto ao professor, aos assistentes e à coordenação e avaliar o desenvolvimento de cada aluno. Isso é necessário para poder desenvolvê-lo no seu potencial sempre mais, mesmo que ele precise mudar de oficina. A gente tem que ter esse olhar e essa escuta também", explica Maria.

 

OFICINAS

 

Panificação: planejar e executar o processo de fabricação de pães, do balanceamento ao acabamento final do produto.

 

Audiovisual: descobrir, desenvolver competências, mesmo que básicas para entendimento, manuseio de equipamentos e processos de fotografia e vídeo.

 

Informática: formação de alunos capazes de lidar com as novas tecnologias, empregar as utilidades e benefícios do uso do computador como recurso profissional.

 

Rotinas administrativas: compreender as práticas administrativas das empresas, abordar questões relacionadas às atividades desempenhadas por meio da prática.

 

Artesanato: transformar a matéria-prima bruta ou manufaturada em produto acabado, com o domínio técnico sobre materiais, ferramentas e processos de produção artesanal na sua especialidade.

 

Corte e Costura: conhecer a máquina de costura, os diversos tipos de pontos e aprender a fazer barrados, barras, trocar e colocar zíper, pinças, customização e consertos.

 

DOCUMENTOS PARA INSCRIÇÃO

 

RG ou Certidão de Nascimento 
Documento do Responsável 
Comprovante de Residência 
Declaração de matrícula escolar 
Foto 3x4

 

+ APAE INCLUSÃO

 

O principal objetivo do projeto é capacitar jovens com deficiência para o mercado de trabalho e oportunizar uma melhora na qualidade de vida. "Esse projeto coloca a APAE em um patamar de grande visualização na comunidade. Sua efetivação se dará na medida que cada oficina oferecerá aos jovens de todas as possibilidades de aprender, vivenciar e construir. Um aprendizado que o fará capaz de ingressar no mundo do trabalho", destaca a diretora escolar da APAE Santo André, Valéria Barral.

 

O + APAE Inclusão busca incentivar a contratação dos beneficiários das oficinas por meio da Lei de Cotas (n°8.213/91), que exige a reserva de 2 a 5% das vagas de empresas para pessoas com deficiência, dependendo do número total de funcionários.Também está prevista a implantação de um departamento que fará o direcionamento dos profissionais capacitados nas oficinas em áreas de sua formação através de parcerias com órgãos públicos e privados.


SERVIÇO

Oficinas de capacitação gratuitas para Santo André 
Inscrições pessoalmente na Secretaria da APAE até 28.02 
Horário de atendimento: 8h às 11h e 13h às 16h 
Endereço: Rua Silveiras, 76, Vila Guiomar, Santo André

Telefone: (11) 4993-3550 
Email: apaesa@apaesa.org.br 
Facebook: @maisapaeSA 
http://apaesa.org.br/ 
Email: apaesa@apaesa.org.br


O + APAE Inclusão é realizado através do Fundo Municipal da Criança e do Adolescente (FUMCAD) e é apresentado pela Comgás. Possui o patrocínio de Arysta, Brasilcap, Cielo e copatrocínio de CVC, Capitale Energia, Cerâmica Atlas e Grupo Feital - Inox Tech. 

Crédito Foto: Dino 

Fonte: Dino
Cadastrada em: 13/06/2018 13:14:54
curta nossa fanpage
editais
onde estamos

FEDERAÇÃO DAS APAES DO ESTADO DE SÃO PAULO

Rua Tomaz Pedro do Couto, 471 - Distrito Industrial

CEP: 14406-065 - Franca - SP

Fone: 16 3403-5010

Fax: 16 3403-5015

E-mail: feapaes@feapaesp.org.br

Federação das APAEs do Estado de São Paulo

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a Licença da FEAPAE-SP